Tags

, , , ,

É possível distinguir a figura do professor Erwin, presidindo a cerimônia. Ele sabia que os Vinagreiros eram cinco: Waldênia, a Walcenis, o Valdonei, a Walderez e eu, Valdo.

É possível distinguir a figura do professor Erwin, presidindo a cerimônia. Ele sabia que os Vinagreiros eram cinco: a Waldênia, a Walcenis, o Valdonei, a Walderez e eu, Valdo.

Era pelo sobrenome materno que o Professor Erwin Pühler identificava cada um de nós, os cinco irmãos que estudaram no Colégio Cristo Rei, em Uberaba, Minas Gerais. Ele era um homem enorme, era 1967 e eu, com 12 anos, não previa nada de bom quando ele elevava a voz para chamar-me: “- Vinagreiro!” Não era só pelo fato de o diretor do colégio estar me chamando a atenção; o sobrenome, em si, já conduzia a ironias dos colegas, naquilo que hoje, estupidamente colonizados, denominamos bullying.

Hoje brinco com meu sobrenome: ele indica minha ascendência europeia, especificamente português e judeu novo. E há pouquíssimos Vinagreiros no planeta, o que nos propicia identidade restrita perante multidões de indivíduos que carregam o mesmo sobrenome. Essa identificação precisa era o que levava o Professor Erwin a saber exatamente quem era a Waldênia, a Walcenis, o Valdonei, a Walderez e eu, Valdo.

As festas de formatura do Cristo Rei eram em alto estilo. Minhas irmãs comemoraram o fim do curso ginasial em festa no Jockey Club e a colação de grau, três anos depois, foi no Cine Metrópole. Na foto de fundo é possível distinguir a figura do professor, presidindo a cerimônia. Minhas duas irmãs, Waldênia e Walcenis, estão na última fila, no lado esquerdo da foto, identificadas pelas linhas que coloquei. Ao chama-las naquele dia, o professor lembrou que já éramos cinco, os Vinagreiros.

Meu irmão, Valdonei, convenceu meus pais de que deveria fazer o curso noturno, pois desde então ele queria trabalhar, buscar a própria independência. Formou-se em contabilidade. Depois dele, mais uma professora, Walderez e eu, que lá fiz todo o ginásio. Nas festas de formatura éramos distinguidos dos demais; no dia-a-dia também, quando o severo professor Erwin não fazia cerimônia alertando-me: – Seja digno dos teus irmãos!

eucomunkk

Minha primeira comunhão, também através do Cristo Rei.

A solenidade de conclusão da minha turma de ginásio foi na Catedral Metropolitana. Na mesma igreja fiz primeira comunhão, através do colégio que também cuidava da nossa vida religiosa. Nas celebrações religiosas do Cristo Rei havia uma música, cantada por todos e que, segundo me lembro, havia sido escolha de D. Eunice Pühler, nossa diretora, que entendia esses momentos como reunião familiar.

Vamos todos a casa de Deus

O Deus que alegra a nossa vida

A igreja é a imagem do céu

Nós somos a família reunida…

O dia dos professores está aí. Quero lembrar e homenagear, com muito carinho, os professores do Cristo Rei que marcaram minha vida escolar e que, ainda hoje, estão presentes em minhas lembranças. Descobri um outro mundo com o professor Ruyssel Furtado, com suas difíceis aulas de história. Guardo, com muito cuidado, as fichas de leitura das aulas de português da professora Rita Terezinha e recordo, ainda hoje, o que aprendi em desenho geométrico com o professor Ney Japur.

Certamente que há recordações distintas para cada um dos meus irmãos, dos meus primos e amigos que estudaram por lá. Não me deram procuração, mas acredito que queiram, como eu, lembrar e agradecer aos nossos professores de então. Não tenho uma lista dos professores de meus irmãos; todavia, tenho a minha e quero transcrevê-la aqui, em forma de gratidão e carinhosa homenagem.

Aos queridos professores,

.

Antônio Carlos Jamal / Antônio Cavatorta / Artur Ribeiro Jarnalo / Celeida Belchior Garcia / Dalmo Cesar Cassimiro de Arauro / Eunice de Souza Lima Pühler / Erwin Pühler / João de Almeida e Souza / João Teodoro da Silva / José Adolfo Ribeiro / José Lucio de Souza / Maria Batista Souza Santos Totó / Maria Cecília Nogueira / Ney Japur / Rita Terezinha de Castro / Ruyssel Furtado / Samira Mathias / Valter Custódio da Silva / Wellington Estevanovich,

.

o sincero agradecimento da família Vinagreiro, da família Feiteiro Mariano, da família Elias e de toda a família Cristo Rei.

.

Feliz dia dos professores!

.