Sobrevivendo no inferno!

“Todo homem tem sua hora e sua vez” diz a personagem Augusto Matraga, de Guimarães Rosa. “Quem sabe faz a hora” cantou Geraldo Vandré. E o Chico Buarque, falou de um homem da periferia:  “Pedro, pedreiro, penseiro esperando o trem…  …esperando aumento para o mês que vem Esperando a festa, esperando a sorte E a…