Quino, atualíssimo!

Estou com Mafalda há muitos, muitos anos. Portanto, admiro Quino. Respeito sobretudo o artista que consegue manter-se vivo em um mundo que, infelizmente e por exemplo, mantém altas índices de desemprego.

Sempre teremos Mafalda e seus amigos para rir, pensar, refletir e, sobretudo, reverenciar seu criador.

Obrigado, Quino! R.I.P.