E, no entanto, é preciso cantar!

De todas, parece que esta será a mais cinza entre as quartas-feiras de cinzas. E que o dia se justifique conforme sua razão de existir: um marco para a mudança de vida. As chances de mudança são, infelizmente, muito poucas. Nem o carnaval aconteceu da forma que nos habituamos a cantar o primeiro verso da... Continuar Lendo →

Avigrama Para Vinícius

“Se me perguntarem o que é a minha pátria, direi:  Não sei”. Tive a ilusão de sermos um A origem sendo não mais que geografia. No entanto quem, quantos somos? E quanta diferença há entre nós! Reconhecendo lutas separatistas, - São só interesses financeiros! Não mensurava a própria ingenuidade. “Tenho-te no entanto em mim como... Continuar Lendo →

Um Sábado com Domingo no Parque

Pura emoção: junto à Orquestra de Câmara da ECA/USP, com arranjos e regência do Maestro Gil Jardim, Gilberto Gil canta Domingo no Parque. Suavemente os sons invadem a Sala São Paulo e dou-me conta de ser esta a primeira vez que ouço ao vivo a música, originalmente apresentada no Festival da Record de 1967. O... Continuar Lendo →

Entre Jeanne e Brigitte

E lá se foi Jeanne Moreau. Com seu rosto doce, grandes e expressivos olhos. “Uma Mulher Para Dois”, “A Noite”, lembranças de filmes dos anos de 1960. Acompanhava minha irmã Waldenia em cineclubes e fiquei impressionado com a moça francesa, a atriz talentosa. Todavia, eu era criança. E havia Brigitte Bardot, com pseudo ingenuidade em... Continuar Lendo →

VANDRÉ, PRA NÃO ESQUECER QUE TIVEMOS DITADURA.

Vim de longe, vou mais longe Quem tem fé vai me esperar Escrevendo numa conta pra junto a gente cobrar No dia que já vem vindo que esse mundo vai virar...(1) Há muita coisa por ser revelada desse triste período da nossa história... 1964! E quem está interessado em dizer que a “ditadura foi boa... Continuar Lendo →

Fazendo festa… simples.

Para todos os amigos e leitores deste blog: Penso que o Natal seja assim, leve e límpido, como a interpretação de Nei Matogrosso para a canção de Vinícius de Moraes e Toquinho.

Para lembrar Vinícius de Moraes

Uma semana intensa impediu-me de homenagear Vinícius de Moraes na data de seu centenário, 19 de outubro. Gostei muito do que vi e li sobre o poeta, sobretudo de um, publicado no Portal Pv3. Flávio Monteiro é o autor de texto sobre os afro-sambas, um disco com nove canções de Vinícius de Moraes e Baden... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: