Preces, a pedido do Brengel

O aniversariante do dia, Fernando Brengel, pediu de presente a cura da COVID. A gente, que não é bobo nem nada, pediu auxílio do alto, primeiro com a ajuda de Ariano Suassuna:

“Valha-me Nossa Senhora, Mãe de Deus de Nazaré!
A vaca mansa dá leite, a braba dá quando quer.
A mansa dá sossegada, a braba levanta o pé.
Já fui barco, fui navio, agora sou escaler.
Já fui menino, fui homem, só me falta ser mulher.
Valha-me Nossa Senhora, Mãe de Deus de Nazaré!”

E quando Nossa Senhora se apresentar, a gente põe voz em versos de Fernando Pessoa, para o nosso Fernando dizer:

“Nossa Senhora
Das coisas impossíveis que procuramos em vão
Dos sonhos que vêm conosco ao crepúsculo, à janela,

Vem, e embala-nos,
Vem e afaga-nos,

Vem, cuidadosa,
Vem, maternal,
Serenamente como uma brisa na tarde leve
Sentir tudo de todas as maneiras
Viver tudo de todos os lados

– E leva-me para dentro da tua casa.
Despe o meu ser cansado e humano
E deita-me na tua cama.
E conta-me histórias, caso eu acorde,
Para eu tornar a adormecer.
E dá-me sonhos teus para eu brincar
Até que nasça qualquer dia
Que tu sabes qual é”.

Quem sabe, assim, dá certo.
Feliz aniversário, Fernando Brengel!

Carinhoso abraço.

Marcelo Duarte e o Guia dos Curiosos

Um dos radialistas e jornalistas esportivos mais competentes que se tem notícia.

Empreendedor que deu forma e fama à Panda Books, sua empresa.

O cérebro atrás do sucesso editorial Guia dos Curiosos, transformado em uma marca simbólica, que virou programa de rádio e, agora, é transmitido pelo YouTube.

Trem das Lives com Marcelo Duarte. Assista ou fique com a pulga atrás da orelha.

01.08.21, 18h00 no https://www.instagram.com/tremdaslives/

Dia Internacional da Mulher Negra com Cecília Calaça

Artista visual e pesquisadora da Arte afrocentrada, Maria Cecília Félix Calaça, também é Mestre na área de Artes Visuais pela UNESP e Doutora em Educação pela Universidade Federal do Ceará.

Coautora dos livros: “Afro Arte Memórias e Máscaras” e “Arte Africana & Afro-Brasileira” , nossa convidada para o próximo Trem das Lives é a personalidade ideal para abordar temas que permeiam o Dia Internacional da Mulher Negra Afro Latino-americana e Caribenha.

As situações que escancaram nossos problemas sociais, as condições da mulher negra na sociedade brasileira e a força da ancestralidade feminina nas religiões de matriz africana estarão no próximo domingo, na conversa que preparamos com Cecília Calaça.

Esperamos você.

Trem das Lives
Domingo, 18.07.21, 18h00
Instagram

Marcela Godoy, Escritora e Roteirista

Mais um território em que autoras se destacam, as Graphic Novels são romances ilustrados, em que se faz comum a união entre desenhistas e escritores. Tendência que vem ganhando força no mercado editorial, para falar dessa especialidade, convidamos a premiada Marcela Godoy.

Autora e roteirista referencial do segmento. Entre seus trabalhos destacam-se “Romeu e Julieta”, “Macbeth”, “A Dama do Martinelli” e “Fractal”.

“Papa-Capim: Noite Branca”

O primoroso texto de Marcela Godoy e o belo traço de Renato Guedes uniram-se para nos presentear com o volume “Papa-Capim, Noite Branca”.

Papa-Capim, personagem de Maurício de Souza, investe-se da missão de acabar com uma ameaça sobrenatural capaz de pôr fim à sua aldeia, Noite Branca. Daí para a frente, a Graphic Novel da dupla nos levará a uma trama surpreendente.

Para falar dessa e de outras obras, mais o universo das Graphic Novels, o Trem das Lives recebe a autora nesse domingo:

Trem das Lives

Domingo, 04.07.21, 18h00

Instagram

Esperamos você.

Trem das Lives no YouTube

O Trem das Lives está construindo um belo acervo de vídeos que abordam diferentes faces da cultura brasileira. Entre no YouTube, siga-nos, ative o sininho sobre notificações de novos vídeos!

Embarque na cultura brasileira!

O Santo e os astros

No Dia de Santo Antônio, o Trem das Lives viaja pelo mundo dos astros, revelando qual o seu par ideal e quais as simpatias que você pode fazer para fisgar o seu amor.

A convidada, Marta Marin, explica em detalhes as combinações entre signos com mais chances de sucesso no amor. Astróloga, artista plástica, terapeuta vibracional, reikiana, estudante de psicanálise e operadora de mesa radiônica, há 25 anos Marta dedica-se à astrologia, numerologia e realização de mapas astrais.

Eu e Marta somos amigos desde a faculdade, ambos estudantes no Instituto de Artes da Unesp. Esta foto, de antes da pandemia, marca o último encontro presencial do grupo do IA. No próximo domingo, o encontro será virtual.

Conheço Marta e acompanho seu trabalho há mais de 35 anos! A sensibilidade artística faz dela uma pessoa delicada e suave. As pesquisas e estudos astrológicos deixaram-na sábia. Sem impor aos outros suas crenças, sem proselitismo.

Quero dizer mais: Convidar Marta para o Trem das Lives, em um dia tão cheio de significado – Santo Antônio, o santo casamenteiro – é promover o encontro de duas faces da nossa cultura: crença em santos e astros, caracterizando-nos como povo cheio de fé”.

Venha conosco nesse domingo para, com leveza e alegria, celebrar a esperança que a fé nos dá e, certamente, encontrar uma dica para engatar um belo romance.

RC, por isso essa voz tamanha

Junho chega com Roberto Carlos voltando com tudo por aqui. O título acima é do livro do Jotabê Medeiros, lançado em abril deste ano. Lendo o livro me dei conta de que lá se vão 58 anos de convivência, desde as primeiras canções do “Rei” que entraram em minha memória. A leitura é emocionante por dois motivos básicos: a memória de infância acionada em cada trecho do livro e a percepção do tempo, da história que caminha ignorando nossas vontades. Tempo, tempo, tempo, tempo… diz outra canção, de Caetano Veloso, este também presente na vida de Roberto Carlos.

Conheci Jotabê Medeiros no ano passado, durante a Bienal do Livro de São Paulo quando mediei uma mesa da qual participou também o jornalista e escritor Nelson Motta. Assunto daquele momento, a vida do Nelson Motta e as biografias escritas por Jotabê, “Belchior, apenas um rapaz latino-americano” e “Raul Seixas, não diga que a canção está perdida”. Agora nos encontraremos no Trem das Lives, e o assunto será “Roberto Carlos, por isso essa voz tamanha”, celebrando os 80 anos do cantor e compositor,

O livro sobre Roberto Carlos oferece sobretudo aos fãs uma profunda viagem pelas diferentes fases da vida do parceiro de Erasmo Carlos, favorecendo lembranças sobre a Jovem Guarda, Wanderléa, e tudo o que veio depois. Há “detalhes”, muitos! De coisas esquecidas, de fatos desconhecidos, de momentos em que nossas vidas aconteceram com a trilha sonora de canções inesquecíveis.

Eu vesti calça calhambeque e, junto com essa, um cinturão “tremendão”… Minhas irmãs compravam discos, guardavam fotos. Tive um caderno onde colava fotos da Wanderléa… Meu irmão e meu avô curtiam a Martinha. O padrinho Nino ouvia “A Distância” e a namorada achava que era por conta de umas desavenças… ele ria e a gente sabia, ele se lembrava de outra namorada, anterior, perdida no tempo. Um dia Ronaldinho me ligou, em pleno expediente. Eu, no trabalho, tive que parar: – Escuta aí a música que o RC fez pra nós. “Você meu amigo de fé, meu irmão, camarada…” Como o próprio RC diria, “são muitas emoções” e eu ficaria horas escrevendo sobre essas.

Próximo domingo tem Roberto Carlos na live que farei com Jotabê Medeiros. Todos convidados para reviverem momentos pessoais e conhecer outros faces contadas pelo escritor. Aguardo todo mundo!

Trem das Lives, domingo, dia 06, 18h00

instagram.com/tremdaslives

%d blogueiros gostam disto: