Medos

O vírus assombra o planeta, Assusta, deixando-nos no devido lugar. Somos frágeis, indefesos, Meros mortais. O vírus avança lá, Recua acolá, aparece por aqui O bicho-papão da infância Volta em forma de realidade. O medo antecede o vírus O terror televisionado Anônimos infectados Anônimos mortos. E as bolsas caem! Feito ratos astutos Feito baratas treinadas…

Ramiro! Um garoto na contramão.

  Gente de teatro é meio louca, dizem. Vai ver têm razão, já que é preciso uma boa dose de insanidade para estrear uma peça infantil anticonsumo no Dia da Criança. Faz um ano que Ramiro iniciou sua trajetória por palcos da capital paulista tendo realizado temporadas também em Maringá, no Paraná e em Campina…

Tecnologias e poética: A poiesis da música acusmática

Flávio Monteiro, o compositor de Um Presente Para Ramiro, nos convida para o evento que será na EMESP,  Escola de Música do Estado de São Paulo – Tom Jobim: “No dia 4 de setembro, às 18h30, acontece a mesa redonda Tecnologia e Poética: A Poiesis da Música Acusmática no Auditório Zequinha de Abreu. Na ocasião,…

As Canções de “Ramiro”

Um Presente Para Ramiro, a peça que segue em cartaz percorrendo diversos centros culturais paulistanos, tem música de Flávio Monteiro. É o terceiro projeto em que faço parceria com esse jovem compositor de São Bernardo do Campo. São dele as trilhas do Arte na Comunidade 3, na Baixada Santista e do Arte na Comunidade 4,…

Uma Estreia em Sapopemba

  Dia 12 próximo vamos estrear UM PRESENTE PARA RAMIRO em Sapopemba. São Paulo é uma cidade imensa e, por exemplo, só estive uma única vez em Jaçanã, nunca estive no bairro Cangaíba e o Grajaú continua sendo, na minha cabeça, citação de canção interpretada por Carmen Miranda. Não conheço o Sapopemba e lá vou…

A TURMA DE “UM PRESENTE PARA RAMIRO”

Volta e meia me perguntam o motivo de estar sem escrever neste blog. – Muito trabalho, respondo. – Graças a Deus!  Agora está na hora de vir aqui e contar que temos novo trabalho teatral em fase final de montagem. “Um Presente Pra Ramiro” é mais um capítulo da minha história ao lado de Sonia…

Daquela manhã

Naquele período o país vivia a Copa do Mundo, o campeonato que estava em pleno andamento na França. O futebol era o país. Tornava-me estrangeiro ao evitar o assunto; alienígena por deixar de assistir a um único jogo. A expectativa antes de cada partida, a tensão durante a mesma e a comemoração após a vitória…