Meu Sonoro Passarinho

Estive relendo momentos da vida do poeta Tomás Antonio Gonzaga e de sua Marília através da obra de Nelson Cruz (Dirceu e Marília) e recordei a Lira XXXVII de “Marília de Dirceu”. “Meu sonoro passarinho” é o primeiro verso, que guardei como título entre os poemas que prefiro. Uma antiga novela de Ivani Ribeiro, Dez Vidas,…

Novela e violência

 Enquanto o vilão interpretado por Mateus Solano estava sendo desmascarado, ontem, fiquei ouvindo comentários de pessoas que acham muito exagerado o texto de Walcyr Carrasco. Isso porque o justiceiro do momento, interpretado pelo extraordinário Antônio Fagundes, comprou uma prostituta para o filho homossexual, tornou-se “pai do neto”, e, ainda na trama trocou a esposa pela…

Ok, sou noveleiro!

60 anos de novela na TV brasileira! Desde que me entendo por gente que a novela está presente na minha vida. E não é maneira de expressão; lá em Uberaba, bem pequeno, já tinha “dificuldade” em sair da cama. Minha mãe, que ouvia as novelas transmitidas pelo rádio, gritava de onde estava: “- Valdo, levanta! A novela…