Lives Musicais com Mawaca e Jonathan Silva

Duas lives com música da melhor qualidade. Indicações que fazemos com carinho, conhecedores que somos do trabalho do grupo Mawaca e do compositor e cantor Jonathan Silva. Vejam as informações e façam suas inscrições.

BATE-PAPO COM MAWACA, dia 23/03

Inscrições: http://casamariodeandrade.org.br/programacao-live-com-mawaca

JONATHAN SILVA, POEMA NA GARGANTA, dia 25/03

Inscrições por este link:  http://bit.ly/39iQ4fW

Boas lives!

Jonathan Silva embarca no Trem das Lives

Dono de um imenso talento, Jonathan Silva tem o reconhecimento do público e da crítica. Após três discos autorais – Necessário, Benedito e Precisa-se de compositor com experiência – Jonathan lançará, em 11 de março, o projeto Poema na Garganta, oficina e live literomusical. Experiência que, certamente, vai mexer com os participantes.

No meio da correria, o artista arranjou um tempinho para falar conosco no Trem das Lives desse domingo, 07 de março, 18h.

Instagram.com/tremdaslives

Todos estão convidados!

VIVIANA (“A DESNATURADA”)

Muito bom ouvir Viviana (A desnaturada) e, via ritmo, melodia e letra, viajar por um Brasil profundo, popular, de beleza simples, singela e, por isso mesmo, profunda.

Siga a letra e ouça a canção:

Ô Viviana, côco não é carimbó
Lambari não é baleia
Maxixe não é jiló ( Bis )

Dei cachaça pro meu santo
Quando eu bebo, ele bebe
Viviana , quando eu canto
A vida fica mais leve

Afinei meu violão
“Rebentou” a corda lá
Viviana, vê se arruma
Um amor pro cê casar

Fiz café e fui pra sala
Cantar jongo em si bemol
Amanhã vamos a praia
Pegar um pouquinho de sol

Se você casar na igreja
Me convida por favor
Você leva a cerveja
Que eu levarei meu tambor

Viviana ( A Desnaturada) está no álbum de Jonathan Silva, Precisa-se de compositor com experiência. O cantor e compositor é o próximo convidado do Trem das Lives do próximo domingo, 7 de março, 18h no instagram.com/tremdaslives.

Você é nosso convidado para uma conversa descontraída com o criador de Viviana (A Desnaturada).

A ficha técnica da gravação é:

Jonathan Silva: Voz
Marcos Coin: Violão
Filpo Ribeiro: Pífanos e ganzá
Lucas Brogiolo: Pandeiro
Coro das Moças: Mazé Cintra, Luciana Rizzo, Karen Menatti, Bárbara Bonnie , Victória Alves

Ciranda pra Janaína

Iemanjá, orixá do perdão e do amor incondicional, é conhecida por vários nomes; alguns desses em música de Pedro Amorim e Paulo César Pinheiro, delicadamente interpretada por Maria Bethânia:

Quanto nome tem a Rainha do Mar?
Quanto nome tem a Rainha do Mar?
Dandalunda, Janaína
Marabô, Princesa de Aiocá
Inaê, Sereia, Mucunã
Maria, Dona Iemanjá

Dona Janaína, ou simplesmente Janaína, um dos nomes mais populares do Orixá nos cultos afro-brasileiros, é tema de uma linda ciranda, composição de Jonathan Silva e Kiko Dinucci:

Ciranda pra Janaína

O seu colar é de concha
Seu vestido se arrasta na areia
Ela tem cheiro de mar
Ela sabe cantar ponto de sereia

O Janaina, quando estou feliz eu choro
O Janaina, deixa eu dormir no seu colo

É no seu colo que afogo a minha sede
Quis te pescar, mas caí na sua rede
Feita de fio de cabelo emaranhado
Moro no mar e hoje sou seu namorado

Gravada em 2008 no CD “Benedito”, de Jonathan Silva, tornou-se conhecida e cantada também em sessões de Umbanda. Abaixo, a gravação original:

Para os interessados, uma linda representação gravada no Templo de Umbanda Caboclo Tupinambá e Sultão das Matas:

Jonathan Silva é o convidado do próximo Trem das Lives, domingo, dia 7, às 18h. Durante esta semana, apresentarei aqui no blog algumas canções do compositor capixaba.

Até mais!

%d blogueiros gostam disto: