Ciranda pra Janaína

Iemanjá, orixá do perdão e do amor incondicional, é conhecida por vários nomes; alguns desses em música de Pedro Amorim e Paulo César Pinheiro, delicadamente interpretada por Maria Bethânia:

Quanto nome tem a Rainha do Mar?
Quanto nome tem a Rainha do Mar?
Dandalunda, Janaína
Marabô, Princesa de Aiocá
Inaê, Sereia, Mucunã
Maria, Dona Iemanjá

Dona Janaína, ou simplesmente Janaína, um dos nomes mais populares do Orixá nos cultos afro-brasileiros, é tema de uma linda ciranda, composição de Jonathan Silva e Kiko Dinucci:

Ciranda pra Janaína

O seu colar é de concha
Seu vestido se arrasta na areia
Ela tem cheiro de mar
Ela sabe cantar ponto de sereia

O Janaina, quando estou feliz eu choro
O Janaina, deixa eu dormir no seu colo

É no seu colo que afogo a minha sede
Quis te pescar, mas caí na sua rede
Feita de fio de cabelo emaranhado
Moro no mar e hoje sou seu namorado

Gravada em 2008 no CD “Benedito”, de Jonathan Silva, tornou-se conhecida e cantada também em sessões de Umbanda. Abaixo, a gravação original:

Para os interessados, uma linda representação gravada no Templo de Umbanda Caboclo Tupinambá e Sultão das Matas:

Jonathan Silva é o convidado do próximo Trem das Lives, domingo, dia 7, às 18h. Durante esta semana, apresentarei aqui no blog algumas canções do compositor capixaba.

Até mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s