O Bilac que não conheci na escola

(Um poeta bem-humorado, divertido; outra face do Príncipe dos Poetas que relembro abaixo). Velho conto Rita, mocinha, faceira, Passeia com o namorado E, descendo uma ladeira, Dá um tombo desastrado. Que tombo! Quase desmaia… E o noivo, que o tombo aterra, Vê coisas por sob a saia Mais do céu do que da terra. Nem…

Aceito a minha idade

(No poema de Carlos Nejar encontro as palavras que gostaria de dizer para esse momento em que a poesia é o exercício agradável para continuar). Aceito a minha idade e a que me completa a face padecida e conquistada as derrotas caladas no meu sangue os amores poentos e chovidos e este amor que me…