Duas canções para Laura

Há canções que me levam para a infância; uma delas é “colcha de retalhos”; minha mãe enfrentando bravamente a dureza do dia a dia com música nos lábios. A voz de minha mãe é de soprano, bem suave e doce. Como a voz de Inhana que casa tão bem com os graves de Cascatinha. Sussuarana…

A Uberaba do meu tempo

Havia no meu tempo uma Uberaba Era calma, suave, cheia de tardes bucólicas. A cidade da minha infância tinha um absoluto céu azul, Chuvas fininhas, intermináveis, irritantes. Aventura era encontrar Maria Boneca portando o brinquedo E fugir, para descansar sob a sombra da Gameleira. Na exposição de gado meus pais compravam mexericas Levando-me a preferir,…