No meio da rua

Exilado na multidão sou silêncio e segredo, e venho quando os outros vão. (Lêdo Ivo) .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Um haicai quando na rua de ferro da Água Branca. Até mais!