O Recife que aprendi a amar

O Recife que aprendi a amar É cidade de poeta; Um poeta. Manuel Bandeira! Sem Pasárgada. Esta fica para outro dia. Vou-me embora pra Recife e levo, na bagagem, outros versos de Bandeira que, com prazer, divido com quem me honra visitando e lendo este blog. Teu corpo… a única ilha No oceano do meu…