Quarto de hotel

Agora, quando distante de tudo Abro janelas para além do espaço, Portas para outros tempos. . Parece que há sons juvenis Sombras esguias, fôlegos intensos Cheiros que se esvaem no calor noturno. . Ecos de determinação, vontade férrea Batalhas contra o estabelecido Certeza do ser predestinado. . Penso nesse ser cada vez mais distante Reconstruído…