Influencer

Ele só queria ser amado, admirado, desejado e, ainda mais, faturar uma graninha por ser assim, um sujeito querido e seguido por milhares, quiçá milhões. Trabalho duro, que demandou tempo iniciado por intermináveis sessões de academia. Como é difícil aumentar o peitoral! Pior são as canelas, as coxas cuja definição as peladas semanais colaboravam, mas o volume… Uns cambitos que pediam melhor alimentação. Esta, outro grande problema.

Fazer uma dieta saudável é complicado. Evitar isso, ingerir aquilo. Nada de ajuda artificial, embora secar barriga é coisa de louco. Os malditos gominhos definidores do tanquinho foram mais difíceis que aumentar bíceps, engrossar panturrilhas. Cansou de ser chamado de frango. Queria ser galo, definido, pronto para pegar quem por ele se interessasse. Nesse ponto demorou algumas semanas para se decidir em relação ao público-alvo até encontrar o meio termo.

Transitou pela indefinição procurando meticulosamente como atingir mantenedores sem que esses fossem perdidos para garotas com as quais apreciava gastar, bancar a conta, sentir-se macho. Melhor vitrine que mulher bonita nunca encontrou. O sucesso chegou aos poucos, na medida em que conquistou uma modelo aqui, saiu com uma aprendiz de socialite ali e, após divulgar imagens de noites que sugeriam prolongamentos sexuais, partia para manhãs em lanchas de amigos abastados, peladas em campos particulares e, finíssimo, até algumas partidas de golfe.

O sucesso social veio junto com um elaborado plano de exposição nas redes sociais. Após erros grosseiros advindos de fotos ruins concluiu ser necessário investir em boas produções. Essas vieram com orientação precisa de um expert, colega de academia. Era preciso ser sensual para todos os sexos, ou seja, nada de fotos direcionadas para essa ou aquela figura humana. Encontrou êxito no estereótipo do homem másculo, elegante, limpo, cheiroso, que mostrava pouco, insinuando o suficiente para incentivar sonhos e desejos alheios. Esses vieram.

O processo todo levou cerca de quatro anos. O menino franzino transformou-se em rapaz viril, sem os exageros musculares dos fisiculturistas. Junto a isso, tornou-se a celebridade elegante; aquela que está em eventos culturais de ponta, que se diverte com a elite em esportes sofisticados, passeios exclusivos. Conseguiu até um emprego de fachada, em uma seguradora após tornar-se amante de um diretor, homem casado e discreto pai de família, habituado a ser mantenedor, portanto, abrindo fácil a carteira. A relação ideal.

O boom da fama aconteceu em namoro relâmpago com uma top do momento. Uma moçoila estrangeira que, em passagem pelo Brasil cedeu encantos ao guapo que, sutil e cúmplice da celebridade, tratou de dar todas as chances para um paparazzi amigo. Este faturou alto com fotos que sugeriam tudo o que não aconteceu, posto que a moça precisava manter a pele saudável para uma sessão de fotos na manhã seguinte e o diretor da seguradora resolveu ter crise de ciúme. A primeira.

Então famoso, apreciava o trabalho matutino: pensar em postagens e poses para durante o dia. Ser gostoso, bonito, tornar-se desejado e invejado pelas pessoas. Estava ótimo ganhar dinheiro para tomar um simples café ou exercitar em tal academia, comparecer em uma festa. Presença! Chegou a contratar auxiliares: fotógrafo, redator, produtor de moda… um pequeno séquito fazendo-o mais bonito, sexy. Tão desejável que o amante, o diretor, resolveu mudar status, querendo ser marido. Com a agilidade dos executivos o homem contratou advogados, dividiu bens e terminou um casamento pensando em novo enlace com o belo e jovem influencer.

Após semanas de nova vida de solteiro para o diretor, e os regalos de sempre para o, agora, noivo, a relação começou a desandar. Para o jovem era temeroso um casamento. O que pensariam as fãs, aquelas que, incautas, não sabiam ler as verdadeiras atividades do famoso? Havia também a exclusividade que a nova fase da relação estava impondo ao rapaz habituado a frequentar a diversidade sexual contemporânea. Sim, ele descobrira ficar enlouquecido com apetrechos diversos manuseados por sadomasoquistas especializados que agiam sem deixar marcas. Tortura preferida, gostava de ser amarrado em argolas dispostas de tal forma que ele ficava tal qual o Homem Vitruviano, de Da Vinci. Braços e pernas presos, bem esticados, e os parceiros lambiam locais de seu corpo que o excitavam, levando-o à loucura. Era mantido preso sem que pudesse ter qualquer movimento. Parte do contrato, os locais de tais práticas não eram revelados e foi este o principal item a despertar o ciúme do parceiro, distante e proibido de participar das festinhas.

Os conflitos pipocaram. O homem mais velho, sentindo-se liberto após o divórcio e dono de ações que garantiam sua posição na empresa tornou-se insuportável. Ia junto a todos os lugares, opinava quanto as poses nas fotos, ao vestuário e, até mesmo, passou a acompanhar as aulas na academia. Uma rusguinha ou outra, por ciúme, seguida de rounds de brigas homéricas, chegando às vias de fato quando o homem tentou impedir o jovem de ir para as sessões secretas, necessitado que estava o guapo de relaxamento. A briga terminou em queda sobre móveis baixos onde ambos trincaram partes do corpo. A perna do influencer, o braço esquerdo do amante.

Conflito abafado, os convalescentes viveram trégua durante o período de recuperação física. Quando o jovem famoso tentou retomar sua vida descobriu estar sem cartão de crédito, ter uma conta corrente zerada e nem o carro e a moto estavam em seu nome. Com ódio, enviou sentimentos de gratidão ao amigo que fizera com que ele aplicasse dinheiro escondido, mantivesse contas secretas. E acima de tudo que jamais gastasse do que ganhava. Tinha seu trabalho nas redes sociais. Pegou seus pertences e saiu, sem se despedir do agora ex-mantenedor.

A retaliação foi rápida e devastadora. Com a objetividade dos grandes administradores o homem buscou os rivais do influencer. Entre esses, os mais baixos, os mais perversos. E criou sua versão da história: Apanhou, teve o braço quebrado, foi roubado, perdeu a família por um viciado que frequentava um “castelo” escuso, território de sadomasoquistas pederastas. Completou a narrativa com imagens de olheiras feitas por maquiador de última hora, o mesmo que cobria as imperfeições do ex-namorado.

Julgamento rápido, o cancelamento veio junto com pederastia e sadomasoquismo elevadas momentaneamente aos trending Topics do Twitter. Ao influencer restou chorar a fama perdida, a aura para sempre manchada pela impossibilidade de desmentir o caso com um homem mais velho, pai de família que perdeu mulher e filhos por conta de um vadio de ocasião.

O cancelamento foi amargo. Durou cerca de quatro meses. O tempo levado para que a moçoila top pop star voltasse ao Brasil. Alheia aos escândalos anteriores e aproveitando-se desses para garantir maior visibilidade, a moça aceitou até expor situações mais íntimas. Um intenso e inequívoco beijo de língua, uma mão amassando um peito enquanto a outra, da parceira, aconchegava o sexo do rapaz, já então recolocado instantaneamente ao podium. Influencer!

Autor: valdoresende

As formas de expressão dominam minha vida. E aqui, neste blog, pretendo escrever sobre elas, sobre meu cotidiano, as coisas e pessoas que curto. Sou professor, escritor, diretor teatral, mestre em artes visuais pela UNESP e um pouco mais. Frutos de uma vida, graças a Deus, intensa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: