Vigia noturno

Depois de um dia extenuante Sobram ânsias de abraços receptivos Um colo para repousar a cabeça Cafunés que antecipem sonhos. Sem romance, sem realidade, Apenas aconchego. São Paulo quase serenada Acalenta faces com ar fresco Facilitando passos apressados. Quantos terão o abraço, Quais repousarão sobre um colo? Silêncio; nenhum sussurro. A cidade guarda seus segredos….

Tudo ainda é tal e qual

As esperas da vida. Passamos tanto tempo aguardando acontecimentos e, quando esses chegam, pouco ou nada acontece. De outro lado, há fatos que transformam nossas vidas e nem sempre damos a devida importância aos mesmos, ou os relegamos ao esquecimento. A primeira palavra escrita, por exemplo. Uma vez desenhei a palavra BINO no quintal lá…

Escrever é eterno recomeçar

Então, vamos lá: O ato de escrever é atividade mais ou menos árdua. Pensar, arquitetar e organizar as idéias. Ordená-las em frases, parágrafos. Rever o que foi escrito, revisar, cortar tudo o que é desnecessário. Pronto. Tornado público, o texto irá ou não estabelecer um diálogo com o leitor, o receptor. E para não cessar…