O Inventor de Histórias

Terceiro dos cinco textos do projeto Arte na Comunidade 2 que estou publicando neste blog, “O Inventor de Histórias” faz referências e singela homenagem a Monte Alegre de Minas. O intérprete da história foi MARCELO RIBAS e as imagens são de THANERESSA LIMA e do meu arquivo pessoal. Havendo interesse em reproduzir o texto ou... Continuar Lendo →

Notícias interessantíssimas!

Uma pesquisa necessária nesta manhã, e navegando por aqui e por ali, vi algumas notícias interessantíssimas da terra de Macunaíma. Vejam que notável:  “O Itaú Unibanco anunciou nesta terça-feira (4) que encerrou 2013 com lucro líquido contábil de R$ 15,696 bilhões.” “Este ano, a cada 35 dias, um brasileiro deve comprar uma Ferrari. Não é,... Continuar Lendo →

A falecida, uma morte e a suicida

Conhecer Nelson Rodrigues através dos textos agradáveis que ele escreveu é muito bom; filmes e especiais de TV com adaptações de sua obra agradam bastante. Todavia, é no teatro que se concretiza a magia do dramaturgo excepcional, com uma obra que merece as constantes montagens. De 1943 para cá, desde a estréia de “Vestido de... Continuar Lendo →

Vasto mundo, aqui mesmo!

Há uma pequena lista que, até aqui, só eu conhecia. É uma modesta relação das visualizações deste blog mundo afora(Vejam o quadro). Sim, há um monte de pessoas por este “mundo, vasto mundo” que vez em quando entram nesse pequeno espaço e tomam conhecimento do que escrevo. É coisa tipo “Europa, França e Bahia” (reverenciando... Continuar Lendo →

Versos de Mário de Andrade para comemorar São Paulo

Fazendo o caminho contrário dos Bandeirantes, pela via de mesmo nome ou pela Anhanguera, sempre me senti em São Paulo quando o ônibus ou o carro corria paralelo ao Rio Tietê. Sei, por anos de estrada, que a paisagem urbana é vista a partir do quilômetro 31 da Rodovia dos Bandeirantes. Cidades periféricas, os primeiros... Continuar Lendo →

Nascido no Uraricoera

Tenho justificado a expressão de que mineiro é baiano cansado... Passo horas buscando melhores posições físicas, políticas, filosóficas... Nasci no Uracicoera, terra de Macunaima, pra viver "brincando"... Ai, que preguiça! Muito trabalho continuar... depois; deixa pra depois. Até mais!

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: