Tags

, , , , , , , , , ,

Fiquei ouvindo a nova música de Rita Lee, “Reza”, de um álbum que será lançado no próximo mês. A informação do catálogo diz que é rock. Donald Judd, citado em livro de Frederico Morais, disse  que “se alguém chama isto arte, então é arte”. Rita Lee é a Vovó do Rock, tem porte e postura de roqueira; portanto, faz rock.

O próximo trabalho de Rita Lee e Roberto Carvalho sairá pela Biscoito Fino, a gravadora que reúne em seu catálogo alguns dos maiores nomes da música do Brasil. Maria Bethânia é contratada da Biscoito Fino e sempre fala sobre a liberdade e o respeito com o qual é tratada na gravadora. Essa liberdade é somada a uma ausência de pressão quanto ao volume de vendas; nas gravadoras multinacionais os artistas recebem tratamento e atenção conforme a vendagem de seus álbuns. Assim é que na Biscoito Fino os artistas tendem a projetos artísticos, não necessariamente comerciais, diferenciando-os substancialmente dos álbuns feitos em outras empresas.

Rita Lee estreou em 2009 na Biscoito Fino com uma coletânea da série “Multishow Ao Vivo”. A cantora lançou um single pela Internet, “Reza”, antecipando o próximo álbum, programado para lançamento no dia 13 de abril próximo. Se a nova casa – gravadora – permite maior liberdade e propicia autonomia para a criação de seus contratados, cresce a responsabilidade da cantora e compositora sobre o repertório.

O primeiro single, “Reza”, vem com a Rita Lee de sempre. Aquela que nos habituamos a ouvir ao longo de mais de três décadas da parceria com Roberto de Carvalho. Os acordes iniciais lembram outros, de grande impacto, na carreira de sucessos comerciais da dupla. Nada de Os Mutantes, nem da fase “Tutti & Frutti”. Mas a música é gostosa, a letra é bem feita, com expressões bem típicas da nossa gente.

Deus me proteja da sua inveja 
Deus me defenda da sua macumba 
Deus me salve da sua praga…

… Deus me perdoe por querer 
Que deus me livre e guarde de você

Conheço mais que um entre roqueiros que se ressentem das mudanças ocorridas ao longo da carreira da cantora; como não tenho compromisso com o rock de outras terras encontro, em Rita, a melhor expressão do rock feito no Brasil. Um rock que é feito somando nossa tradição musical: é leve como a batida suave de João Gilberto e tem aquele humor, que conhecemos desde Noel Rosa. Que venha o novo álbum de Rita Lee!

.

Até mais!

.

Notas:

– O livro citado de Frederico Morais é da editora Record e o título é “Arte é o que eu e você chamamos arte”.

– A nova música de Rita Lee está no iTunes por $0.99.