Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Vai começar hoje a exposição “Guerra e Paz, de Portinari” aqui em São Paulo, no Memorial da América Latina; para nós, o tal público comum, a abertura será amanhã, dia 7. Outro dia, 19, Candido Portinari será tema da Mocidade Independente, homenagem da escola de samba carioca ao pintor paulista, nascido em Brodowski. Também lembramos a morte do artista, ocorrida em 6 de fevereiro de 1962. Três motivos mais do que suficientes para reverenciar Portinari.

“Guerra” e “Paz” são dois grandes murais pintados por Portinari, encomendados pelo governo brasileiro para presentear a sede da ONU – Organização das Nações Unidas. Foram feitos entre 1952 e 1956 e têm, aproximadamente,  14m de altura por 10m de largura. A obra ficou exposta em local de acesso restrito e nem com visitas guiadas ela pode ser vista. O sonho de torná-la mais próxima dos brasileiros tornou-se possível quando anunciaram a reforma da sede, em Nova York.

O governo brasileiro resolveu bancar os trabalhos de restauração da obra de Portinari e, com isso, garantiu a permanência da mesma entre nós, enquanto durar os trabalhos na sede da ONU. Assim, a restauração ocorreu de fevereiro a maio de 2011, no Palácio Gustavo Capanema, no Rio de Janeiro. Os trabalhos foram abertos ao público, com entrada franca e os painéis foram restaurados por uma equipe de 18 restauradores, sob coordenação do Professor Edson Motta Jr., da Universidade Federal do Rio de Janeiro e de Claudio Valério Teixeira.

Após exposição no Rio de Janeiro, no Theatro Municipal, os painéis de Portinari estarão expostos em São Paulo, de 6 de fevereiro até 21 de abril. Dia 6 para convidados, dia 7 para todo o público paulistano. A entrada é franca e, além dos dois painéis, os interessados poderão conhecer os estudos preparatórios feitos por Portinari para a realização da obra.

“Por ti, Portinari, rompendo a tela, a realidade” 

…VOCÊ QUE DO MORRO FEZ VIDA REAL

PINTOU NOSSOS LARES NUM LINDO MURAL

VOCÊ, RETRATANDO A ALMA, SE FEZ IDEAL

MEU SAMBA CANTA MENSAGENS DE “GUERRA E PAZ”

SEU NOME SERÁ IMORTAL EM NOSSO CARNAVAL

No Rio de Janeiro, ainda neste mês, a Mocidade Independente de Padre Miguel canta a vida de Portinari em verso e samba, muito samba. Os compositores de “Por Ti, Portinari, Rompendo a Tela, a Realidade” são Diego Nicolau, Gabriel Teixeira e Gustavo Soares; o intérprete é Luizinho Andanças.

O carnavalesco Alexandre Louzada pretende levar todas as cores e formas de Portinari para a avenida. É a escola que anuncia: “Através de suas mais importantes obras, mostraremos a trajetória deste artista que acima de tudo retratou em seus quadros e murais, a história, o povo e a vida dos brasileiros, através dos traços fortes e vigorosos carregados de dramaticidade e expressão.”

O Brasil inteiro poderá ver o desfile da Mocidade Independente, no dia 19 próximo. Será a quarta escola a entrar no Sambódromo. Milhares de paulistanos terão a oportunidade de visitar a exposição de Portinari no Memorial da América Latina. Duas vezes Portinari. Uma terceira, da maior importância, é a visita que todos podem fazer AGORA ao site que disponibiliza a vida e obra do artista.

Em http://www.portinari.org.br/ temos a oportunidade de ver milhares de obras do artista, assim como documentos relacionados às mesmas. Devidamente catalogadas e registradas, as obras de Portinari estão acessíveis por temas, técnica, cronologia e, algo muito bom para pais e professores, uma sessão inteira dedicada ao público infantil. Uma galeria especial com obras específicas que poderão interessar ao universo da criança, além de jogos e histórias com “Candinho”, o Portinari menino feito para brincar com os visitantes mirins.

O site, a exposição (terça a domingo, das 9h às 18h) e, no domingo de carnaval, o desfile. Só não tem memória quem não quer. A obra de Portinari está aí, acessível, enriquecendo nossa sensibilidade e ampliando o nosso conhecimento.

 .

Boa semana para todos.

.